Pular para o conteúdo principal

HAPPY LIFE PARTICIPA DE EVENTO SOBRE A LBI.

AD foto de Natália Betto. Foto em detalhe mostrando Natalia Betto ao lado do banner do evento. Natalia é branca, tem 1,65m, cabelos pretos lisos, na altura dos ombros, está de blusa azul, usa calça e sapatos pretos. Ela está em pé, com a mão esquerda sobre a perna. O braço direito está flexionado e a mão espalmada para cima mostra a logomarca “Dialogs for Inclusion” no banner. No canto superior direito da foto, em branco, está a logo da Happy Life. Fim da descrição.
Audiodescrição foto de Natália Betto.: Foto em detalhe mostrando Natalia Betto ao lado do banner do evento. Natalia é branca, tem 1,65m, cabelos pretos lisos, na altura dos ombros, está de blusa azul, usa calça e sapatos pretos. Ela está em pé, com a mão esquerda sobre a perna. O braço direito está flexionado e a mão espalmada para cima mostra a logomarca “Dialogs for Inclusion” no banner. No canto superior direito da foto, em branco, está a logo da Happy Life. Fim da descrição.

Uma empresa em fase de crescimento precisa alimentar boas ideias e se alimentar delas. Foi exatamente isso que fez a Happy Life na última sexta-feira, 25 de novembro de 2016., ao participar do Dialogs for Inclusion, experiência de benchmarking à luz da Lei Brasileira de Inclusão – LBI. O evento faz parte do projeto Saber Para Incluir, da Diversitas e teve como anfitriã a Dow Química, que recebeu em seu site no Condomínio Rochaverá, um seleto grupo com profissionais de 12 empresas: Bayer, Cetelen, DSM, Happy Life, Hospital Alvert Einstein, Nissan, Petrobras, Pfizer, PWC, SAP, SINECESP, além da própria Dow.
O bate papo inclusivo teve como mediadores sete consultores associados da Diversitas que debateram com os presentes sobre a Lei de Cotas, gestão da diversidade e Lei Brasileira de Inclusão. Três das empresas presentes apresentaram cases que enriqueceram o debate. Uma delas foi a Happy Life que, na pessoa de Natalia Betto, mostrou como uma empresa de pequeno porte pode adotar práticas inclusivas com base na metodologia do Desenho Universal. Natalia falou de medidas simples como a confecção do cartão de visitas acessível, além da preocupação com a questão da acessibilidade comunicacional, através do uso de audiodescrição nos e-mails corporativos e publicações nas redes sociais. A Happy Life, que é uma empresa de transportes acessíveis, conta com uma frota de veículos modulares, que atendem a todas as pessoas (com ou sem deficiência).
 A foto mostra Natália, a palhaça Aurélia e um cão de assistência em treinamento. O nome dele é Bolero. Os três estão junto ao banner. O cão é um Labrador preto, usa um lenço branco no pescoço e está sentado à esquerda. No centro está a Natalia. Ela está agachada, com a mão direita sobre o cão e a mão direita sobre o seu próprio joelho. À direita de Natalia está a palhaça Aurélia, também agachada. Ela tem cabelos castanhos escuros curtos, enfeitados com uma fita azul. Usa maquiagem na cor branca em volta dos olhos e usa uma bolinha vermelha como nariz. A blusa de Aurélia tem estampas pequenas, predominando a cor lilás. A saia é branca e ela usa meia-calça vermelha e sandálias verdes. Fim da descrição.
AD foto Natalia, Aurélia e Bolero. A foto mostra Natália, a palhaça Aurélia e um cão de assistência em treinamento. O nome dele é Bolero. Os três estão junto ao banner. O cão é um Labrador preto, usa um lenço branco no pescoço e está sentado à esquerda. No centro está a Natalia. Ela está agachada, com a mão direita sobre o cão e a mão esquerda sobre o seu próprio joelho. À direita de Natalia está a palhaça Aurélia, também agachada. Ela tem cabelos castanhos escuros curtos, enfeitados com uma fita azul. Usa maquiagem na cor branca em volta dos olhos e usa uma bolinha vermelha como nariz. A blusa de Aurélia tem estampas pequenas, predominando a cor lilás. A saia é branca e ela usa meia-calça vermelha e sandálias verdes. No canto superior direito da foto, em branco, está a logo da Happy Life. Fim da descrição.
O formato do evento, que substituiu as apresentações expositivas lineares por um intenso debate interativo, surpreendeu os presentes, que mostraram-se bastante satisfeitos com a experiência. A abordagem, embora rica em conteúdo e fiel aos aspectos técnicos, foi conduzida em linguagem leve e contou com intervenções da figura do palhaço, o que imprimiu uma atmosfera lúdica e descontraída.

Em nome da Happy Life, Natalia fez questão de agradecer à Dow Química, pelo acolhimento carinhoso que proporcionou a todos; à Diversitas, pela curadoria do conteúdo e mediação dos debates e também a todas as empresas presentes pela oportunidade de compartilharem e enriquecerem suas experiências, ampliando a visão sobre temas tão importantes.


 Rafael Vieira Junior

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Laços de Sangue

Doar sangue é muito mais que um ato de solidariedade. É um ato de amor à vida, que faz bem tanto a quem doa quanto a quem recebe. Não dói, não custa nada e ajuda a salvar vidas. A Happy Life, apoia iniciativas solidárias e incentiva seus colaboradores e clientes a doar sangue sempre que possível.
Aliás, periodicamente, parte da equipe de profissionais da Happy Life vai até algum posto de coleta para doar. Foi o que aconteceu no último dia 17 de dezembro de 2016. A turma saiu de lá revigorada e disposta a espalhar o lema da campanha por toda parte: “Doe sangue e compartilhe o que é essencial para a vida”



Para incentivar as pessoas a também seguirem esse caminho, a Happy Life aproveita e divulga os postos de coleta em São Paulo:
Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo - Posto BarueriR. Angela Mirella, 354 Térreo
Jardim Barueri -Barueri
0800-55-0300

Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo - Posto Clínicas
Av. Enéas Carvalho Aguiar, 155 1º andar Cerqueira César - São Paulo 0800-55-0300
Fu…

São Paulo é um dos destinos preferidos dos turistas para fim de ano

O fim do ano vai chegando e, junto com ele, Natal, Réveillon e férias. Nessa época é muito comum que São Paulo receba milhares de turistas que buscam a cidade também para compras e lazer. E a intensa procura pela capital paulista tem justificativa: é na cidade que está o maior centro de compras do país, que está a vida noturna mais agitada, que tem a programação cultural mais diversificada e, apesar de não ser uma cidade litorânea, a metrópole figura entre os principais destinos do Brasil para a passagem de ano. Para quem deseja desfrutar São Paulo nos meses de dezembro e janeiro, seguem algumas dicas de onde se hospedar, o que comer e fazer nessa cidade que só não curte quem não quer:
Hospedagem:

Etoile Jardins
 - O hotel da unidade Jardins da rede Etoile Hotels é uma boa opção para quem deseja ficar bem hospedado, com apartamentos que chegam a 182 m², equipados com cozinha, varanda, salas de jantar e estar, entre outros. As acomodações são ideais para quem gosta de viajar com cachorro…