Pular para o conteúdo principal

A casa nova do Palmeiras, que será entregue em junho, conta com projeto especial que irá tornar todos os setores do estádio acessível à cadeirantes

A casa nova do Palmeiras, que será entregue em junho, conta com projeto especial que irá tornar todos os setores do estádio acessível à cadeirantes
A casa nova do Palmeiras, que será entregue em junho, conta com projeto especial que irá tornar todos os setores do estádio acessível à cadeirantes

A Arena Palmeiras conta com 82% de suas obras concluídas e, além de ser um dos estádios mais modernos do mundo, será referência quando o assunto for acessibilidade. De acordo com a WTorre, construtora responsável pelas obras do Allianz Parque, que tem previsão de entrega para o mês de junho, pessoas com deficiência física contarão com espaços reservados em todos os setores do novo estádio do Verdão, e não em um só local, como por exemplo no estádio do Pacaembu.
Cadeirantes, pessoas com pouca mobilidade, ou obesos terão direito a mais de 100 lugares, aproximadamente 3% da capacidade total da Arena. O acesso à esses espaços será feito através de rampas e, provavelmente, elevadores e cada cadeirante terá direito a dois acompanhantes.
Segundo a construtora, várias pesquisas foram realizadas em todo o mundo para que o projeto do Allianz Parque fosse elaborado e todas as especificações estão dentro do padrão da Fifa.
Dois cadeirantes palmeirenses foram convidados para conhecer as obras do novo estádio e também testar a acessibilidade. Um deles é Gilberto Franchetta, presidente do Conselho Municipal de Pessoa com Deficiência. Em 1975, o palmeirense sofreu uma lesão na medula e, a partir daí, sofreu muito para ir ao estádio assistir as partidas do Palmeiras no antigo Palestra Itália. Mas Franchetta diz que os problemas de acesso ficarão somente no passado.
- “Agora, na Arena, todos os torcedores cadeirantes vão poder acessar os diversos setores sem problemas. O projeto foi aprovado pela Prefeitura. Estamos felizes por sermos respeitados enquanto torcedores e consumidores” - afirmou Gilberto Franchetta.
O outro palmeirense que também teve a chance de pôr em teste a acessibilidade da Arena Palmeiras foi o estudante de jornalismo Renan Barreiros, de 23 anos. Nascido com nanismo, o palmeirense usa cadeira de rodas desde sua infância, mas isso nunca o impediu de ir aos jogos do Palmeiras e agora vai ter uma experiência ainda melhor quando o novo estádio for inaugurado.
“Eu aprovei a acessibilidade do estádio. Não vejo a hora de a arena ficar pronta para eu ver um jogo do Palmeiras. Nenhum estádio vai ter tantos lugares para cadeirantes e um acesso tão bom quanto o Allianz Parque” - disse Renan.
Fonte: Vavel

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HAPPY LIFE PARTICIPA DE EVENTO SOBRE A LBI.

Audiodescrição foto de Natália Betto.: Foto em detalhe mostrando Natalia Betto ao lado do banner do evento. Natalia é branca, tem 1,65m, cabelos pretos lisos, na altura dos ombros, está de blusa azul, usa calça e sapatos pretos. Ela está em pé, com a mão esquerda sobre a perna. O braço direito está flexionado e a mão espalmada para cima mostra a logomarca “Dialogs for Inclusion” no banner. No canto superior direito da foto, em branco, está a logo da Happy Life. Fim da descrição. Uma empresa em fase de crescimento precisa alimentar boas ideias e se alimentar delas. Foi exatamente isso que fez a Happy Life na última sexta-feira, 25 de novembro de 2016., ao participar do Dialogs for Inclusion, experiência de benchmarking à luz da Lei Brasileira de Inclusão – LBI. O evento faz parte do projeto Saber Para Incluir, da Diversitas e teve como anfitriã a Dow Química, que recebeu em seu site no Condomínio Rochaverá, um seleto grupo com profissionais de 12 empresas: Bayer, Cetelen, DSM, Ha
A Happy Life esteve à disposição durante o período do salão do automóvel para realizar o transporte de pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida. O transporte era gratuito aos   e as saídas aconteceram da estação Jabaquara do Metrô (Na Rua Anita Costa, Nº 98) e na estação Imigrantes do metrô (Rua Engº Guilherme Winter) para o Centro de Exposições São Paulo Expo.

Depoimento Especial - Carta de Agradecimento FCD

Gostaríamos de compartilhar com vocês uma carta de agradecimento que recebemos da  FCD/BR – Federação das Fraternidades Cristãs de Pessoas com Deficiência do Brasil, referente ao atendimento realizado no dia 28 de abril de 2017. Obrigada amigos pela mensagem!!! Nós que agradecemos pela preferência e carinho com a nossa equipe. Até o próximo  Happy Transporte ! =) Segue texto da carta: São Paulo, 04 de maio de 2017. Caros amigos e amigas da Happy Life. Paz e Bem! A FCD/BR – Federação das Fraternidades Cristãs de Pessoas com Deficiência do Brasil – FCD(BR),  organizada juridicamente, é um movimento   ecumênico de evangelização  e promoção humana, tem por objeto valorizar a essência da pessoa com deficiência, destacando suas capacidades, buscando uma renovação cultural das próprias pessoas com deficiência, seus familiares, sociedade e governos, provocando com isso a verdadeira inclusão social. Migrada da França onde foi fundada em 1945, pelo Monsenhor Henri François, f