Pedreiros se passam por cadeirantes para testar as calçadas que fizeram.

Pedreiros se passam por cadeirantes para testar as calçadas que fizeram.
'Calceteiros' conheceram os problemas de locomoção dos deficientes físicos.

Curso da prefeitura de Curitiba será aplicado em outros funcionário 

Os pedreiros que fazem as calçadas de Curitiba estão aprendendo em um curso quais as dificuldades enfrentadas por deficientes físicos para cruzar os caminhos construídos por eles mesmos. O objetivo do curso é mostrar aos trabalhadores a importância de dar acessibilidade a todos. De acordo com a prefeitura, entre 200 e 300 pessoas - entre pedreiros, mestres de obra, fiscais e engenheiros - deverão passar por esse treinamento.


Veja a reportagem do ParanáTV 2ª edição, da RPC TV
A primeira etapa do curso é aplicada em uma sala de aula, onde os pedreiros têm lições sobre as características das pessoas com deficiência e as dificuldades de locomoção que elas possuem. “Quando eles vivenciam, eles percebem que uma pedrinha torta desequilibra a cadeira de rodas, encontra uma barreira na bengala do cego”, diz Denise Moraes, professora do curso.
Em seguida, eles vão às ruas, para ver e sentir a realidade dos deficientes. Primeiro, eles dão um passeio com uma cadeira de rodas. Depois, é a vez de vendar os olhos e sentir as irregularidades do piso que atrapalham a vida dos deficientes visuais.
 
Fonte: Globo.com 

Comentários

Valeria disse…
otimooooooooooooo!

Postagens mais visitadas