Pular para o conteúdo principal

Pedreiros se passam por cadeirantes para testar as calçadas que fizeram.

Pedreiros se passam por cadeirantes para testar as calçadas que fizeram.
'Calceteiros' conheceram os problemas de locomoção dos deficientes físicos.

Curso da prefeitura de Curitiba será aplicado em outros funcionário 

Os pedreiros que fazem as calçadas de Curitiba estão aprendendo em um curso quais as dificuldades enfrentadas por deficientes físicos para cruzar os caminhos construídos por eles mesmos. O objetivo do curso é mostrar aos trabalhadores a importância de dar acessibilidade a todos. De acordo com a prefeitura, entre 200 e 300 pessoas - entre pedreiros, mestres de obra, fiscais e engenheiros - deverão passar por esse treinamento.


Veja a reportagem do ParanáTV 2ª edição, da RPC TV
A primeira etapa do curso é aplicada em uma sala de aula, onde os pedreiros têm lições sobre as características das pessoas com deficiência e as dificuldades de locomoção que elas possuem. “Quando eles vivenciam, eles percebem que uma pedrinha torta desequilibra a cadeira de rodas, encontra uma barreira na bengala do cego”, diz Denise Moraes, professora do curso.
Em seguida, eles vão às ruas, para ver e sentir a realidade dos deficientes. Primeiro, eles dão um passeio com uma cadeira de rodas. Depois, é a vez de vendar os olhos e sentir as irregularidades do piso que atrapalham a vida dos deficientes visuais.
 
Fonte: Globo.com 

Comentários

Valeria disse…
otimooooooooooooo!

Postagens mais visitadas deste blog

Questionário sobre acessibilidade e inclusão.

Amigos, gostaríamos de solicitar a ajuda de vocês para que respondessem e compartilhassem o questionário desenvolvido pelo nosso amigo SCOTT RAINS. Obrigado!!! (link abaixo)

COMPARTILHADO DE SCOTT RAINS:
"Grandes eventos esportivos como a Copa de 2014 e como Olimpiadas / Pará Olimpiadas 2016 envolvem grandes investimentos. Depois a sede fica com um legado de construção e de educação pública que pode beneficiá-la por décadas. Com esta pesquisa queremos capturar dados sobre acessibilidade e inclusão em todo o Brasil antes da Copa de 2014 e Rio 2016. Vou incluir os dados na minha apresentacao em Fortaleza dia 31 de julho."
Scott Rains.
LINK: https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?fromEmail=true&formkey=dGlYYjljNElnTUtwcHd3RTVVLXp2YUE6MQ

Transporte Acessível para Cadeirantes

Olá Amigos,


Abaixo uma lista com prestadores de serviço de transporte acessível para cadeirantes fora de São Paulo/SP


 INTERIOR - SÃO PAULO
Transporte Acessível Gaivotas
Transporte Acessível em Santa Barbara do Oeste/SP
Telefone: (019) 9639-9948
E-mail: transporteacessivel@bol.com.br


Taxi Acessível - São Carlos
Taxi Acessível em São Carlos/SP
Telefone: (016) 8174-8018


Levare 
Transporte Acessível em São José dos Campos/SP
Telefone: (012) 3021-4153




LITORAL - SÃO PAULO
Rota da Vida
Transporte Acessível em Santos/SP
Telefone: (013) 3323-3635




RIO DE JANEIRO
Laura Tour
Transporte Acessível no Rio de Janeiro
Telefone: (021) 3259-3035
Celular: (021) 9260-0913
E-mail: lauratour@lauratour.com


Lince Transportes Especiais
Transporte Acessível no Rio de Janeiro
Telefone: (021) 3777-3371
Celular: (021) 8881-8934
E-mail: lincetransportes@oi.com.br 


Especial Coop Taxi 
Taxi Acessível no Rio de Janeiro
Telefone: (021) 3295-9606
E-mail: contato@especialcooptaxirj.com.br


PARANÁ
Taxi Acessível em Londrina
Telefone: (43) 9640-2121


BRASIL…

SP dá início a fórum sobre surdocegueira

Reuniões começam nesta quinta-feira, 23, e percorrerão o Estado até 25 de outubro O Estado de São Paulo fará uma ampla discussão sobre surdocegueira e deficiências múltiplas no ambiente escolar. Começou nesta quinta-feira, 23, o 1º Fórum de Surdocegueira e Deficiência Múltipla Sensorial: Perspectivas Educacionais da Rede Estadual de Ensino. O evento percorrerá dez regiões do Estado até o dia 25 de outubro.
LEIA TAMBÉMSecretaria da Educação realiza primeiro Seminário de Proteção Escolar
A capital paulista foi a sede da primeira reunião, nesta quinta-feira. O fórum é uma iniciativa inédita do Núcleo de Apoio Pedagógico Especializado para disseminar informações e orientações sobre surdocegueira e deficiências múltiplas sensoriais, ou seja, a associação de duas ou mais deficiências. 
O 1º Fórum de Surdocegueira e Deficiência Múltipla Sensorial contará com a participação de mais de dois mil educadores da rede estadual. A próxima reunião acontece no dia 28 de agosto, em Itapetininga. Os partici…