Pular para o conteúdo principal

Acompanhantes de pessoas com deficiência passam a ter os mesmo direitos.

Espaços culturais terão que assegurar o acesso e a acomodação de acompanhantes de pessoas com necessidades especiais a partir de dezembro. A medida se estende a lugares como teatros e cinemas.

A lei foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal na quinta-feira (23/8) depois de ser sancionada pelo governador em exercício, Tadeu Filippelli, e passa a valer em 90 dias. Ela também garante que, havendo preço promocional de entrada para pessoa com deficiência, o acompanhante pode usar esse benefício.

Os lugares reservados para o deficiente físico e o acompanhante precisam garantir uma boa visão do palco. A lei é considerada um avanço. "Ela assegura os direitos do cidadão, mas ainda não é a resolução dos problemas", diz o subsecretário de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, César Pessoa de Melo.

A secretaria de Justiça planeja construir um espaço cultural completamente acessível para pessoas portadoras de necessidades especiais. "Temos um projeto que abriga técnicas de linguagem como libras, audiodescrição, legendas em tempo real, além dos recursos físicos", antecipa o subsecretário.

Os estabelecimentos que não cumprirem a norma estarão sujeitos a notificação, em primeira autuação, multa de R$ 3 mil caso a irregularidade não seja resolvida em até 15 dias, e interdição do local depois de 30 dias. As denúncias podem ser feitas junto aos órgãos de fiscalização, como Procon, Ministério Público, Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Agência de Fiscalização (Agefis).

Estatística

No censo realizado em 2010, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revela que mais de 45 milhões de brasileiros declaram ter algum tipo de deficiência, o que corresponde a 23,9% da população. No Distrito Federal, esse número é de 500 mil pessoas, ou seja, 22% dos brasilienses são portadores de deficiência.

Fonte: CorreioBraziliense

Comentários

Claudia Borges disse…
Bela iniciativa, mais deveria também se estender as casas de shows.

Postagens mais visitadas deste blog

HAPPY LIFE PARTICIPA DE EVENTO SOBRE A LBI.

Audiodescrição foto de Natália Betto.: Foto em detalhe mostrando Natalia Betto ao lado do banner do evento. Natalia é branca, tem 1,65m, cabelos pretos lisos, na altura dos ombros, está de blusa azul, usa calça e sapatos pretos. Ela está em pé, com a mão esquerda sobre a perna. O braço direito está flexionado e a mão espalmada para cima mostra a logomarca “Dialogs for Inclusion” no banner. No canto superior direito da foto, em branco, está a logo da Happy Life. Fim da descrição. Uma empresa em fase de crescimento precisa alimentar boas ideias e se alimentar delas. Foi exatamente isso que fez a Happy Life na última sexta-feira, 25 de novembro de 2016., ao participar do Dialogs for Inclusion, experiência de benchmarking à luz da Lei Brasileira de Inclusão – LBI. O evento faz parte do projeto Saber Para Incluir, da Diversitas e teve como anfitriã a Dow Química, que recebeu em seu site no Condomínio Rochaverá, um seleto grupo com profissionais de 12 empresas: Bayer, Cetelen, DSM, Ha
A Happy Life esteve à disposição durante o período do salão do automóvel para realizar o transporte de pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida. O transporte era gratuito aos   e as saídas aconteceram da estação Jabaquara do Metrô (Na Rua Anita Costa, Nº 98) e na estação Imigrantes do metrô (Rua Engº Guilherme Winter) para o Centro de Exposições São Paulo Expo.

Depoimento Especial - Carta de Agradecimento FCD

Gostaríamos de compartilhar com vocês uma carta de agradecimento que recebemos da  FCD/BR – Federação das Fraternidades Cristãs de Pessoas com Deficiência do Brasil, referente ao atendimento realizado no dia 28 de abril de 2017. Obrigada amigos pela mensagem!!! Nós que agradecemos pela preferência e carinho com a nossa equipe. Até o próximo  Happy Transporte ! =) Segue texto da carta: São Paulo, 04 de maio de 2017. Caros amigos e amigas da Happy Life. Paz e Bem! A FCD/BR – Federação das Fraternidades Cristãs de Pessoas com Deficiência do Brasil – FCD(BR),  organizada juridicamente, é um movimento   ecumênico de evangelização  e promoção humana, tem por objeto valorizar a essência da pessoa com deficiência, destacando suas capacidades, buscando uma renovação cultural das próprias pessoas com deficiência, seus familiares, sociedade e governos, provocando com isso a verdadeira inclusão social. Migrada da França onde foi fundada em 1945, pelo Monsenhor Henri François, f