Pular para o conteúdo principal

´Depois Daquela Viagem´ fará parte das apresentações culturais dos Congressos de Prevenção em São Paulo

“Depois Daquela Viagem” está de volta. O espetáculo que conta a história de uma adolescente que se infectou com HIV aos dezesseis anos será apresentado gratuitamente na próxima quarta e quinta-feira, 29 e 30 de agosto, em São Paulo, durante a programação cultural dos Fóruns e Congressos de Prevenção em DST, Aids e Hepatites Virais.

Dirigida por Abigail Wimer e produzida por Roseli Tardelli, a peça é uma adaptação de Dib Carneiro Neto do livro homônimo e autobiográfico de Valéria Piassa Polizzi. 

No palco, um grupo com 14 jovens talentosos atores encena momentos da vida de Valéria : a descoberta de sua sorologia, momentos em que adoeceu, viagens,o enfrentamento da doença,  superação e a vida que segue.  

Segundo Abigail, o espetáculo  cumpre seu papel de conscientização. “Quem assiste não poderá dizer que nunca ouviu falar de temas como amor à vida e preconceito”, disse.

Para Roseli, o espetáculo é mais uma forma de abordar a prevenção das DST/Aids com o respeito à solidariedade e cidadania. “É o tipo de arte que ajuda a transformar”, comentou. 

A montagem contará na plateia com a presença de adolescentes e jovens convidados pela Secretaria de Assistência Social do Município de São Paulo.

Depois das apresentações em Caraguatuba em fevereiro e agora em São Paulo, a temporada  seguirá em 2012 para outros teatros na capital paulista, em Curitiba e Juiz de Fora.

Cerca de 4500 pessoas já assistiram o espetáculo, que contará, nestas apresentações, com apoio da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal, mineradora Anglo American, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) e Agência de Notícias da Aids e patrocínio da empresa global de tecnologia médica BD.

" O que o público achou do espetáculo? "  perguntamos a diferentes personalidades.


Alda Marco Antonio, vice-prefeita de São Paulo: “A história da Valéria ajuda os jovens a perceberem sua vulnerabilidade com relação à doença. Os responsáveis pelo espetáculo estão ajudando a transformar o mundo em um mundo melhor.”

Gonzalo Vecina Neto, superintendente do hospital Sírio Libanês. “O espetáculo conta a história da Valéria de forma contemporânea e sem sentimentalismo.”

Cintia Abravanel, produtora teatral: “Amei. É um trabalho de formação e informação que manteve a essência do teatro. Esta é uma montagem necessária, pois a ignorância é a maior doença”. 

Tadeu Di Pietro, ator. “Esse tema aguardou muito tempo para ir ao palco, e teve uma resposta muito boa... Os atores estavam fantásticos. O tema é muito importante para os jovens, pois a aids passou de um tabu para algo mais banal. A história da Valéria é uma história de negação, transformação e possibilidades.”

Fúlvio Stefanini, ator. “Estou fascinado pelo espetáculo que está com uma densidade fora do comum. Além de uma linguagem simples, o texto não é melodramático. A qualidade de direção também foi algo que me surpreendeu. Os atores demonstraram um equilíbrio muito bom de interpretação.”

Maria Clara Gianna, coordenadora do Programa de DST/Aids do Estado de São Paulo.
 “A montagem faz uma viagem a uma época bastante difícil na luta contra a aids, o que é importante para avaliarmos o quanto evoluímos. Os atores são maravilhosos e as cenas passam recados importantes para a prevenção do HIV."

Caio Rosenthal, infectologista, acompanhou o tratamento de Valéria Polizzi: “Achei didática e com uma boa composição de informação e cenas românticas, o que deixou o tema menos árido. Os métodos de prevenção às DST/aids foram muito bem abordados no espetáculo.”

Silvia Almeida, integrante do Movimento Nacional das Cidadãs Posithivas. “O texto nos fez refletir o sentimento da Valéria. Quem não vive com HIV pode entender como são os pensamentos de uma pessoa que tem o vírus. As dúvidas, a insegurança, a incerteza... Fiquei emocionada.”

José Araújo Lima, coordenador da ONG Epah (Espaço de Prevenção e Atenção Epecializada).
 “A peça moderniza a história do livro sem perder a essência.”

Marta McBritton, presidente do Instituto Cultural Barong. “A peça chega a outros públicos, além dos que o livro já atinge. Precisa ter temporada longa e viajar todo o país.”

Mário Scheffer, especialista em saúde pública e presidente do Grupo Pela Vidda/SP: “A peça tem um efeito didático muito bacana e é feita de adolescentes para adolescentes. Merece ser muito divulgada, principalmente na periferia. Acredito que este espetáculo terá uma vida longa.”

Beto de Jesus, diretor da ABGLT: “Estou impactado. É um espetáculo atual, humano. Deve rodar por diferentes partes do país.”

Fóruns e Congressos 

O ano de 2012 assinala uma nova etapa no histórico dos congressos brasileiros de prevenção das DST/aids. Após incorporar, em 2010, as hepatites virais na forma de um congresso paralelo e específico sobre o tema, o congresso recebe ainda os fóruns específicos para debater as questões em DST/aids da América Latina e do Caribe e as ações promovidas no âmbito comunitário.

A realização desses quatro eventos, entre os dias 28 e 31 de agosto no Centro de Convenções do Anhembi, constitui desafio e ao mesmo tempo oportunidade de diálogo entre tantos atores envolvidos na prevenção das DST/aids e hepatites virais. 

As peculiaridades da resposta brasileira e latino-americana às DST/aids estão relacionadas ao tema central do congresso, que é “Sistema de saúde, redes comunitárias e o desafio de fazer prevenção”. 
Ficha Técnica – Depois Daquela Viagem
Direção e direção musical: Abigail Wimer
Texto: Dib Carneiro, baseado no livro de Valéria Piassa Polizzi
Elenco: Camila Minhoto, Carol Capacle, Charlene Chagas, Daphne Bozaski, Eliot Tosta, Geraldo Rodrigues, Giovani Tozi, Leonardo Stefanini, Maria Bia Martins, Mariana Leme, Naiara de Castro, Osvaldo Antunes, Rafael Sola e Renata Fasanella.
Assistente de direção: Alcione Alves
Direção de ator: Silen de Castro
Direção de Produção: Roseli Tardelli
Cenografia e Figurinos: Márcio Medina
Iluminação: Domingos Quintiliano
Trilha Sonora: Ed Côrtes
Fotos: João Caldas
Ilustração: Gilberto Miadaira
Produção: Maurício Barreira
Assistente de Produção: Gabriela Palumbo
Assistente de Produção de Ensaio: Françoise Plas
Pré-produção de Casting: Jeanne de Castro
Assistente de Produção de Casting: Pedro Duarte
Preparação Corporal: Fernando del Santo e Helena Castro
Assessoria de imprensa: Arteplural

Serviço
Depois Daquela Viagem. 
Auditório Elis Regina. Centro de Convenções Anhembi. Av. Olavo Foutora, 1.209. Anhembi Parque – Santana. Tel. (0XX11) 2226-0400
29/08/2012 – 11h
30/08/2012 – 16h
Entrada gratuita - apresentações fechadas para o  público do  Congresso.

Fonte:  Agencia Aids

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HAPPY LIFE PARTICIPA DE EVENTO SOBRE A LBI.

Audiodescrição foto de Natália Betto.: Foto em detalhe mostrando Natalia Betto ao lado do banner do evento. Natalia é branca, tem 1,65m, cabelos pretos lisos, na altura dos ombros, está de blusa azul, usa calça e sapatos pretos. Ela está em pé, com a mão esquerda sobre a perna. O braço direito está flexionado e a mão espalmada para cima mostra a logomarca “Dialogs for Inclusion” no banner. No canto superior direito da foto, em branco, está a logo da Happy Life. Fim da descrição. Uma empresa em fase de crescimento precisa alimentar boas ideias e se alimentar delas. Foi exatamente isso que fez a Happy Life na última sexta-feira, 25 de novembro de 2016., ao participar do Dialogs for Inclusion, experiência de benchmarking à luz da Lei Brasileira de Inclusão – LBI. O evento faz parte do projeto Saber Para Incluir, da Diversitas e teve como anfitriã a Dow Química, que recebeu em seu site no Condomínio Rochaverá, um seleto grupo com profissionais de 12 empresas: Bayer, Cetelen, DSM, Ha
A Happy Life esteve à disposição durante o período do salão do automóvel para realizar o transporte de pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida. O transporte era gratuito aos   e as saídas aconteceram da estação Jabaquara do Metrô (Na Rua Anita Costa, Nº 98) e na estação Imigrantes do metrô (Rua Engº Guilherme Winter) para o Centro de Exposições São Paulo Expo.

Depoimento Especial - Carta de Agradecimento FCD

Gostaríamos de compartilhar com vocês uma carta de agradecimento que recebemos da  FCD/BR – Federação das Fraternidades Cristãs de Pessoas com Deficiência do Brasil, referente ao atendimento realizado no dia 28 de abril de 2017. Obrigada amigos pela mensagem!!! Nós que agradecemos pela preferência e carinho com a nossa equipe. Até o próximo  Happy Transporte ! =) Segue texto da carta: São Paulo, 04 de maio de 2017. Caros amigos e amigas da Happy Life. Paz e Bem! A FCD/BR – Federação das Fraternidades Cristãs de Pessoas com Deficiência do Brasil – FCD(BR),  organizada juridicamente, é um movimento   ecumênico de evangelização  e promoção humana, tem por objeto valorizar a essência da pessoa com deficiência, destacando suas capacidades, buscando uma renovação cultural das próprias pessoas com deficiência, seus familiares, sociedade e governos, provocando com isso a verdadeira inclusão social. Migrada da França onde foi fundada em 1945, pelo Monsenhor Henri François, f