Pular para o conteúdo principal

Estudo alerta sobre a evolução do Câncer de Próstata no Brasil e no Mundo


O câncer de próstata é o tumor maligno mais frequente na população masculina na atualidade.No Brasil, apesar da estabilização da incidência, houve significativo aumento da mortalidade.

Um importante estudo “International Variation in Prostate Cancer Incendence and Morality Rates” (*), publicado na última edição da revista da Associação Europeia de Urologia, ressalta que houve aumento dos casos de câncer de próstata em 32 dos 40 países analisados na pesquisa, que abrange todos os continentes. Das regiões avaliadas, as que apresentaram os mais altos índices da doença são América do Norte, Europa e Oceania. No entanto, os maiores aumentos nas taxas de incidência e de mortalidade pelo tumor estão ocorrendo nos países em desenvolvimento da América do Sul, Caribe e África. Este mesmo estudo apontou que ocorrem quase 1 milhão de novos casos da doença por ano no mundo e foram registradas 250 mil mortes pelo tumor no ano de 2008.

No Brasil, apesar dos dados não representarem a real incidência do câncer de próstata no país, houve aparente estabilização da incidência nos últimos anos, porém verificou-se um aumento significativo na mortalidade. O estudo reportou que, por enquanto, a média da taxa de novos casos dos países da América do Sul está em 50 por 100 mil habitantes. “O Brasil apresenta taxa de incidência de 83 por 100mil, bem acima da média da região. Apesar de aproximarmos dos níveis de países desenvolvidos quanto à detecção de novos casos, houve aumento significativo da mortalidade pelo câncer, possivelmente devido ao aumento da expectativa de vida da população”, alerta o urologista Dr. Daher Chade, (CRM-SP 105.209), Presidente do Departamento de Urologia da Associação Paulista de Medicina, urologista do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo e Pesquisador do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center (EUA).

Além do câncer de próstata já ser o tumor maligno mais frequente na população masculina atualmente, há uma contínua tendência de aumento da incidência na maioria dos países. Apesar da população dos países desenvolvidos representarem menos de 20% da população mundial, quase 75% dos casos e 50% das mortes pelo tumor de próstata ocorreram nesta população. A qualidade dos dados fornecidos pelos países e o tratamento do câncer de próstata são muito variáveis entre os países, o que pode justificar a discrepância dos dados obtidos, além de possíveis influências dietéticas e ambientais, comprovadamente menos importantes.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a previsão esperada para 2012 é de mais de 60 mil novos casos no Brasil.
Perfil -Dr. Daher Cezar Chade (CRM-SP 105.209), médico urologista, com foco de atuação em Uro-oncologia, tem Doutorado em Urologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e Pós-doutorado em Uro-oncologia pelo Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, Nova York. Dr. Daher Cezar Chade é atualmente o Presidente do Departamento de Urologia da Associação Paulista de Medicina, Membro da Equipe de Urologia do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, do Núcleo Avançado de Urologia do Hospital Sírio Libanês, Pesquisador do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center (EUA), Membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia, da Society of Urologic Oncology, American Society of Clinical Oncology e American Urological Association, Urologista do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo – ICESP, Médico da Clínica Urológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, além de integrar o corpo clínico do Hospital Sírio Libanês. Tem mais de 30 trabalhos publicados em veículos científicos nacionais e internacionais.


Fonte: Revista Fator

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HAPPY LIFE PARTICIPA DE EVENTO SOBRE A LBI.

Audiodescrição foto de Natália Betto.: Foto em detalhe mostrando Natalia Betto ao lado do banner do evento. Natalia é branca, tem 1,65m, cabelos pretos lisos, na altura dos ombros, está de blusa azul, usa calça e sapatos pretos. Ela está em pé, com a mão esquerda sobre a perna. O braço direito está flexionado e a mão espalmada para cima mostra a logomarca “Dialogs for Inclusion” no banner. No canto superior direito da foto, em branco, está a logo da Happy Life. Fim da descrição. Uma empresa em fase de crescimento precisa alimentar boas ideias e se alimentar delas. Foi exatamente isso que fez a Happy Life na última sexta-feira, 25 de novembro de 2016., ao participar do Dialogs for Inclusion, experiência de benchmarking à luz da Lei Brasileira de Inclusão – LBI. O evento faz parte do projeto Saber Para Incluir, da Diversitas e teve como anfitriã a Dow Química, que recebeu em seu site no Condomínio Rochaverá, um seleto grupo com profissionais de 12 empresas: Bayer, Cetelen, DSM, Ha
A Happy Life esteve à disposição durante o período do salão do automóvel para realizar o transporte de pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida. O transporte era gratuito aos   e as saídas aconteceram da estação Jabaquara do Metrô (Na Rua Anita Costa, Nº 98) e na estação Imigrantes do metrô (Rua Engº Guilherme Winter) para o Centro de Exposições São Paulo Expo.

Depoimento Especial - Carta de Agradecimento FCD

Gostaríamos de compartilhar com vocês uma carta de agradecimento que recebemos da  FCD/BR – Federação das Fraternidades Cristãs de Pessoas com Deficiência do Brasil, referente ao atendimento realizado no dia 28 de abril de 2017. Obrigada amigos pela mensagem!!! Nós que agradecemos pela preferência e carinho com a nossa equipe. Até o próximo  Happy Transporte ! =) Segue texto da carta: São Paulo, 04 de maio de 2017. Caros amigos e amigas da Happy Life. Paz e Bem! A FCD/BR – Federação das Fraternidades Cristãs de Pessoas com Deficiência do Brasil – FCD(BR),  organizada juridicamente, é um movimento   ecumênico de evangelização  e promoção humana, tem por objeto valorizar a essência da pessoa com deficiência, destacando suas capacidades, buscando uma renovação cultural das próprias pessoas com deficiência, seus familiares, sociedade e governos, provocando com isso a verdadeira inclusão social. Migrada da França onde foi fundada em 1945, pelo Monsenhor Henri François, f