Pular para o conteúdo principal

Michael Johnson reclama de "vantagem injusta" de Pistorius


Oscar Pistorius será o primeiro atleta biamputado da história a participar dos Jogos Olímpicos. Foto: AFP
Oscar Pistorius será o primeiro atleta biamputado da história a participar dos Jogos OlímpicosFoto: AFP
A polêmica participação do atleta sul-africano biamputado, Oscar Pistorius, nos Jogos Olímpicos de Londres continua dando o que falar. Dessa vez, foi o ex-velocista americano Michael Johnson que se envolveu no tema. Na última terça-feira, em entrevista ao jornal The Telegraph, o atual detentor do recorde mundial dos 400 m rasos, prova na qual o sul-africano vai correr em Londres, afirmou que por terem uma "vantagem injusta" os atletas que usam próteses não deveriam disputar competições com atletas sem próteses.
Para o americano, o simples fato de não haver uma posição se as próteses trazem vantagens ou não aos deficientes já torna a competição injusta aos atletas não deficientes.
Johnson, que se disse amigo pessoal do sul-africano, deixou claro que não é contra o fato do "indivíduo Pistorius" correr, e sim de qualquer atleta que use próteses e venha a competir com os atletas que não têm necessidades especiais.
O americano também relatou que admira que o "blade runner" (apelido de Pistorius) tenha coragem de correr contras atletas não deficientes e que, por esse motivo, é sempre difícil dar a sua opinião sobre esse caso.
Michael Johnson, bicampeão olímpico nos 400 m, ainda afirmou que não acredita que o sul-africano irá brigar por medalhas em Londres. Para o americano, Pistorius, que têm sua melhor marca na casa dos 45s, pode ir no máximo até as semi-finais, o que já seria um grande feito. Pra finalizar, o ex-atleta elogiou o sul-africano, dizendo que ele é não só uma grande pessoa como também um grande exemplo para os deficientes físicos de todo mundo.
Nascido sem as fíbulas devido a uma doença congênita, Pistorius teve as pernas amputadas abaixo dos joelhos aos 11 meses de idade. Usando próteses de fibras de carbono, o "blade runner" praticou rugby, pólo aquático e tênis, mas, aos 16 anos, encontrou na corrida o seu esporte. Campeão paralímpico e recordista mundial nos 100 m, 200 m e 400 m entre os deficientes, Pistorius chocou o mundo ao se classificar para a Olimpíada de Londres e se tornou o primeiro atleta biamputado da história a participar do maior evento esportivo do mundo.
Toda a polêmica sobre o "caso Pistorius" surgiu em 2007, quando estudos feitos na Universidade de Colônia, na Alemanha, concluíram que o sul-africano usa 25% a menos de energia que um atleta comum. Desde então, a participação do "blade runner" em provas com atletas não deficientes tem sido colocada em xeque.
Na capital britânica, o sul-africano vai participar das provas dos 400 m rasos além do revezamento 4x400 m.

Fonte: Terra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HAPPY LIFE PARTICIPA DE EVENTO SOBRE A LBI.

Audiodescrição foto de Natália Betto.: Foto em detalhe mostrando Natalia Betto ao lado do banner do evento. Natalia é branca, tem 1,65m, cabelos pretos lisos, na altura dos ombros, está de blusa azul, usa calça e sapatos pretos. Ela está em pé, com a mão esquerda sobre a perna. O braço direito está flexionado e a mão espalmada para cima mostra a logomarca “Dialogs for Inclusion” no banner. No canto superior direito da foto, em branco, está a logo da Happy Life. Fim da descrição. Uma empresa em fase de crescimento precisa alimentar boas ideias e se alimentar delas. Foi exatamente isso que fez a Happy Life na última sexta-feira, 25 de novembro de 2016., ao participar do Dialogs for Inclusion, experiência de benchmarking à luz da Lei Brasileira de Inclusão – LBI. O evento faz parte do projeto Saber Para Incluir, da Diversitas e teve como anfitriã a Dow Química, que recebeu em seu site no Condomínio Rochaverá, um seleto grupo com profissionais de 12 empresas: Bayer, Cetelen, DSM, Ha
A Happy Life esteve à disposição durante o período do salão do automóvel para realizar o transporte de pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida. O transporte era gratuito aos   e as saídas aconteceram da estação Jabaquara do Metrô (Na Rua Anita Costa, Nº 98) e na estação Imigrantes do metrô (Rua Engº Guilherme Winter) para o Centro de Exposições São Paulo Expo.

Depoimento Especial - Carta de Agradecimento FCD

Gostaríamos de compartilhar com vocês uma carta de agradecimento que recebemos da  FCD/BR – Federação das Fraternidades Cristãs de Pessoas com Deficiência do Brasil, referente ao atendimento realizado no dia 28 de abril de 2017. Obrigada amigos pela mensagem!!! Nós que agradecemos pela preferência e carinho com a nossa equipe. Até o próximo  Happy Transporte ! =) Segue texto da carta: São Paulo, 04 de maio de 2017. Caros amigos e amigas da Happy Life. Paz e Bem! A FCD/BR – Federação das Fraternidades Cristãs de Pessoas com Deficiência do Brasil – FCD(BR),  organizada juridicamente, é um movimento   ecumênico de evangelização  e promoção humana, tem por objeto valorizar a essência da pessoa com deficiência, destacando suas capacidades, buscando uma renovação cultural das próprias pessoas com deficiência, seus familiares, sociedade e governos, provocando com isso a verdadeira inclusão social. Migrada da França onde foi fundada em 1945, pelo Monsenhor Henri François, f